Arquivos mensaisnovembro 2015

O Grupo jovem Crescendo com Cristo está promovendo no dia 21/11 às 17h o primeiro TeleCrescendo!

E o primeiro filme a ser exibido é: O Lorax: Em busca da trúfula perdida.

Sinopse: O menino Ted descobriu que o sonho de sua paixão, a bela Audrey, é ver uma árvore de verdade, algo em extinção. Disposto a realizar este desejo, ele embarca numa aventura por uma terra desconhecida, cheia de cor, natureza e árvores. É lá que conhece também o simpático e ao mesmo tempo rabugento Lorax, uma criatura curiosa preocupada com o futuro de seu próprio mundo.

A pipoca e o refri serão totalmente free. Traga seu pai, mãe, irmão e amigos.
A entrada também será gratuita. É só chegar, sentar, comer e beber enquanto assiste o filme!

0 498
“Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; ”
Mateus 25:35

Anjos são seres especiais nas histórias da Bíblia. Estão sempre nos protegendo dos perigos e tribulações das vidas. Nossos santos anjos zelosos e protetores a quem Deus nos enviou.

Em nossa comunidade também há um grupo com tal título de Anjos. Eles atuam protegendo, zelando e alimentando a dura vida de cada ser humano que eles visitam pelas ruas de nossa cidade.

Apesar de se chamarem ANJOS ANÔNIMOS, eles não usam máscaras. São pessoas comuns que se juntam para trazer mais humanidade para os mais próximos. Levam alimentos, alegrias, amor, carinho, conforto e atenção para moradores de rua da nossa cidade.

Sejamos exemplos de anjos em nossas comunidades e alimentemos a quem tem fome e precise de uma atenção.
Anjos Anonimos (2)

Quer ajudar ou fazer uma doação (roupa, alimentos etc…)?

Telefone e Whatsapp: 81 9 8776 6799 (Luiz Carlos)
Doações feitas a cada 15 dias

0 414

Próximo Domingo, dia 15/11, acontecerá a Primeira Eucaristia para as crianças da nossa comunidade. A celebração será na Igreja de Nossa Senhora da Conceição (Torrões).

Queremos muito a presença de vocês para, juntos, louvarmos e agradecermos a Deus por todas as crianças que terão, pela primeira vez, a experiência de sentir o Corpo de Cristo.

Não sabe onde fica a Igreja? Aqui está seu endereço.

0 482

Amigos, Paz e Bem!
Meus amados irmãos e irmãs. No nosso encontro de párocos começamos todos os dias com a SANTA MISSA, momento principal do dia.

A Eucaristia que é a fonte e o Ápice da Vida Cristã. Nenhum retiro espiritual (mesmo que fosse pregado pelo Santo Padre, por um Santo, um Anjo, um padre pregado por mais importante e expirado que fosse) é mais importante que a SANTA MISSA.

O Sacrifício Santo e único, em que o Senhor se dá por nós. Atualização do único e eterno Sacrifício.
Por isso, não podemos renunciar por qualquer motivo a Santa Missa.

A não ser por: doença, o cuidado com um doente, cuidado com crianças pequenas.
LEMBRE que é o SENHOR que espera por VOCÊ.

O amor a Deus sobre todas as coisas, expressa-se na vivência da nossa Fé.
Deus nosso Senhor que nos deu tão grande DOM: ” A Sagrada Eucaristia”, abençoe a todos da sua família.

(P. Laércio Lima, sdb – Encontro de Párocos Brasília).

0 436

“Os jovens não só devem ser amados, mas devem saber que são amados.” (Dom Bosco)

Pela segunda vez a nossa Paróquia recebe os adolescentes da FUNASE que novamente farão uma exposição das telas confeccionadas por eles, à noite antes da Missa da Graça, iniciando às 18h.

Você vai se encantar com cada uma das telas expostas. Essas telas e muitas outras que estarão a venda na exposição foram pintadas pelos adolescentes que estão cumprindo medida socioeducativa na FUNASE de Jaboatão.

Além de levar pra casa uma bela obra de arte, toda renda arrecadada será revertida para aquisição de materiais para as aulas de pintura.

Este projeto consiste em semear e frutificar o bem em ambientes inóspitos, lugares onde a esperança, a fé e caridade foram perdidas. Venha com toda sua família prestigiar e ajudar os nossos irmãos! Da outra vez que eles vinheram as telas acabaram muito rápido e ainda teve uma grande procura das pessoas, então venha cedo para garantir a sua, e ainda ajudar na ressocialização desses meninos.

Ontem o Pe.Fábio esteve lá com eles, estavam finalizando as últimas telas que irão trazer, eles estão super empolgados com essa vinda aqui novamente. Da primeira vez que vinheram foi uma experiência muito forte, tanto pra eles quanto pra toda Comunidade Paroquial presente.

Se você gostou de algum quadro ou deseja conhecer outros trabalhos desses jovens, entre em contato conosco pelo pascom.sanmartin@gmail.com. Nós tiraremos todas as dúvidas.

Agora, compartilhe com todos esse lindo trabalho. As artes são um dos melhores caminhos para livrar a mente de pensamentos ruins e deixar a criatividade e poesia fluir nos pinceis.

0 365

Direto do BOLETIM SALESIANO.

O ano de 2015 foi de grande alegria para os salesianos da Amazônia. Além dos festejos pelo bicentenário de Dom Bosco, celebrou-se o centenário da presença salesiana na região: uma ação missionária e educativa que “produziu bons frutos”.

Em 24 de maio de 2015, completaram-se 100 anos da chegada dos primeiros salesianos na Amazônia, mais precisamente no Rio Negro, em São Gabriel da Cachoeira, AM. As comemorações pelo centenário tiveram início em 16 de agosto de 2013 e foram se intensificando em todas as obras da região nos últimos dois anos. As atividades principais ocorreram em agosto deste ano, em consonância com a comemoração do bicentenário de Dom Bosco, fundador da Família Salesiana; e incluíram as visitas do Reitor-mor dos Salesianos, em setembro, e da Madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora, em outubro.

O sentido das comemorações pelo centenário, mais do que promover festa, foi o de “fazer memória”, como indica a própria origem da palavra (COM-, intensificar + MEMORARE, “lembrar-se”)! As atividades, celebrações e manifestações diversas tiveram o intuito de refletir sobre os fatos e os sujeitos dessa história; sua importância social, cultural, política e religiosa na região; suas iniciativas pastorais e educativas.

Um pouco de história

A chegada dos salesianos à Amazônia tem suas raízes na segunda metade do século XIX, depois do Concílio Vaticano I. Nesse período houve uma tomada de consciência da necessidade de maior presença da Igreja nos lugares mais afastados do Brasil. Muitos bispos se movimentaram em busca de missionários.

A Diocese do Pará, com sede em Belém, compreendia toda a Amazônia brasileira. O bispo, dom Antônio de Macedo Costa, escreveu a Dom Bosco já em 1880, convidando os salesianos a assumirem uma obra em favor dos órfãos. Em 1882 Dom Bosco mandou a Belém o padre Luis Lasagna, inspetor dos salesianos da América, para verificar a possibilidade de atender ao pedido, mas não foi possível aceitar a proposta. No ano seguinte os salesianos iniciaram as atividades no Brasil, em Niterói, e depois em São Paulo e Mato Grosso.

A Prefeitura Apostólica do Rio Negro foi criada no dia 10 de outubro de 1910, e confiada aos Salesianos em junho de 1914. Em 1915, inicia-se a atividade missionária em São Gabriel da Cachoeira, AM, com os primeiros três salesianos: padre João Bálzola, padre José Solari e irmão José Canuto. Pouco depois, em 1823, chegaram também a São Gabriel as primeiras Filhas de Maria Auxiliadora, para cuidar da catequese e da educação das meninas indígenas.

Atualmente os salesianos atuam na Amazônia em três estados: Pará, Amazonas e Rondônia, com uma grande diversidade de obras: cinco escolas de ensino fundamental e médio; nove paróquias; 12 Centros sociais (Centros juvenis); quatro centros missionários entre povos indígenas; a Faculdade Salesiana Dom Bosco; duas casas de formação; o centro provincial e 15 comunidades religiosas. São hoje 84 religiosos salesianos, entre sacerdotes e irmãos consagrados.

As FMA estão divididas em duas inspetorias. A Inspetoria Santa Teresinha abrange a região de Manaus e do Alto Rio Negro, no Amazonas. São 64 religiosas professas e uma noviça que trabalham em obras sociais, escolas (uma particular e três conveniadas) e nas comunidades inseridas nas aldeias. Já a Inspetoria Laura Vicuña abrange escolas, obras sociais e comunidades nos estados do Amazonas, Pará e Rondônia, nas quais atuam 68 irmãs.

 

Em Manaus

O nome de Dom Bosco é muito forte na cidade de Manaus, e dá nome ao colégio, foi a primeira casa salesiana a ser construída, há 94 anos. As comemorações no mês de agosto se apresentaram em várias formas, mas foi na semana que antecedeu ao bicentenário que a programação manauara foi mais forte.

Escolhido para ser o ponto central das comemorações, o Colégio Dom Bosco teve quatro dias intensos. O tríduo de Dom Bosco foi iniciado com uma missa celebrada pelo inspetor da ISMA, padre Francisco Alves de Lima (padre Chicão). Crianças e jovens se divertiram no oratório festivo. A segunda noite reuniu salesianos de todas as idades, e de todas as casas salesianas da cidade, no Festival de Teatro com o tema “Vida e Sonho de Dom Bosco”. Foram sete apresentações durante uma noite emocionante.

Na véspera do aniversário de Dom Bosco uma missa festiva celebrada por dom Mario Antônio reuniu aproximadamente setecentas pessoas na Paróquia Dom Bosco. Um arraial com comidas típicas do Amazonas fechou a noite.

Na manhã do dia 16, a primeira missa apresentou à comunidade os 17 novos coroinhas. Manaus juntou-se a nove cidades que simultaneamente lançaram, com o apoio dos Correios, o selo do Bicentenário de Dom Bosco. O dia 16 de agosto só passou no calendário, porque a programação continua. Entre outros eventos, uma exposição que contará a história do trabalho de Dom Bosco desenvolvido na Amazônia será realizada em dezembro no Palácio Rio Negro, ex-sede do Governo do Amazonas, hoje espaço cultural.